faz de conta que o que é, é!... avança o peão de rei.

...
o mistério difícil
em que ninguém repara
das rosas cansadas do dia a dia.

José Gomes Ferreira

Brel, sempre e eu... j'arrive!

Loading...

domingo, 12 de abril de 2009

pinça mentes

de um pedaço de toalha de papel que, na máquina de lavar roupa, se salvou num bolso de camisa:

Há momentos em que um tipo se pergunta: para quê?
e só pensa: quando é qu'isto acaba?
e só quer: atirar a toalha ao chão...
Tudo... para quê?
Ora... porque!
.
O grande problema é ter de "rebocar" tantos,
e tão pesados...,
outros (e nossos!) que não se perguntam para quê?
e não se respondem... porque!

Sem comentários: