faz de conta que o que é, é!... avança o peão de rei.

...
o mistério difícil
em que ninguém repara
das rosas cansadas do dia a dia.

José Gomes Ferreira

Brel, sempre e eu... j'arrive!

Loading...

quarta-feira, 8 de julho de 2009

novaiorquinas (do cordel) - 12

- Vamos lá parar um bocadinho e descansar os pés...

- Boa ideia... já não posso mais. Depois de tanto museu...

- ... aqui... neste banco do Central Park.

- Uff... um banco para (as)sentar, como tu já escreveste.

- A propósito... não disseste nada sobre o meu "post" a teu respeito...

- Foi pior a emenda que o soneto...

- O quê... não te fiz justiça?

- Mas eu não queria que me fizesses justiça... queria é que não me tivesses tratado como uma dondoca... sopas depois do almoço...

- ... sabes que não é isso que penso de ti...

- ... às vezes parece... e achas que é equilibro os museus mais a dondoquice?!... olha que no MAD estavam lá umas dondocas novaiorquinas...

- É verdade. Até fazia impressão. Mas tu não é isso. Não é esse equilíbrio... tu é também a literatura, o cinema, as fotos, a arquitectura...

- Pára com isso. Gosto do que é bonito, e nisso incluo roupa e essas coisas.

- Também eu gosto do que é bonito... é por isso que...


E a conversa (de ficção!) continuou.

6 comentários:

Nova-yorkina acidental disse...

Está feita justiça!!!

Maria disse...

Quase adivinho o que se seguiu às reticências finais...

:))

Belo par de pés!
"These 'nikes' are made for walking"...

nova-yorkina acidental disse...

não são nikes, são converse:)) (que no es lo mismo pero es igual...)

cristal disse...

Já vêm bem "domados" os ténis :)))

GR disse...

Gostei do vosso diálogo.
São os novos jeans pretos?

Bjs,

GR

GR disse...

Finalmente terminei de ler o vosso diário de bordo.
A culpa foi do meu PC, ficou com um vírus pior que o H1N1.
Parabéns! Adorei ler.
Espero que continues a contar-nos mais histórias da terra do tio Sam, cheias de peripécias, surpresas ou reflexões.
Bela viagem.

Bjs,

GR