faz de conta que o que é, é!... avança o peão de rei.

...
o mistério difícil
em que ninguém repara
das rosas cansadas do dia a dia.

José Gomes Ferreira

Brel, sempre e eu... j'arrive!

Loading...

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Será menino ou menina?

Fui filho e sou pai do tempo em que havia alguma expectativa que se prolongava por meses: será menina ou menino? E hesitava-se no nome a dar ao/à bébé, para o que os padrinhos também metiam a colherada. Maria João ou João Maria?
As salas de espera das maternidades eram locais de roer unhas. Por todas as razões e mais esta de Será menino ou menina?, isto quando os partos não eram em casa porque, nestes casos, que muitos eram - sobretudo quando fui filho... nascido no rés-do-chão da Rua Tomás da Anunciação, ali à esquina de Campo de Ourique -, os pais (e os avós e mais parentes e amigos) esperavam, ansiosos, num qualquer compartimento da casa, se houvesse..., pela novidade. Será menina ou menino?
E os enxovais eram feitos na dúvida. Em cor-de-rosa a atirar para o azul ou em azul a atirar para o cor-de-rosa.
E havia palpites, a partir da barriga da mãe ser mais ou menos bicuda. mais ou menos arredondada.
E levava-se o bébé, ou a bébé, ao registo e, na grande maioria dos casos, à pia de água benta para a, ou o, lavar do pecado original de ter sido concebido/a em acto pouco digno do paraíso.
Tudo mudou. Não bem tudo... mas já se sabe, quase logo a seguir à concepção, se será menina ou se será menino, se se chamará Maria ou Manuel, se estes nomes ainda se usassem...
Mas, agora, há uma outra novidade, a substituir a novidade que era a da resposta ao sexo da criança. Agora, o recém-nascido parece que vai ter logo logo, a juntar ou até antes do nome... uma conta bancária. De 200 €.
Por este caminho, ainda transferem a Conservatória do Registo Civil e a tal pia baptismal para uma dependência da Caixa Geral dos Depósitos (se a concorrência não entrar em jogo, ou não vivamos nós numa livre "economia de mercado").
Os/as bébés vão aprender a dizer banco antes de balbuciarem papá ou mamã. E, ao crescerem um pouquinho, só vão aprender a tabuada depois de decorarem o seu número de conta e o código do multibanco.
Pois é, nestes tempos em que gostaria de ser avô, em vez da dúvida será menina ou menino?, será neto ou neta? vamos todos, pais, mães, avós e avôs, ter a certeza de que os pobres nascituros vão ter um número de conta bancária!

4 comentários:

Maria disse...

Uma manobra política que mesmo assim não evitará que desçam, espero eu...
E por aqui vou estando, hoje com um pouco mais de tempo para ler quem eu gosto!

Beijos

GR disse...

Mais um excelente texto elucidativo, que pena o governo de Sócrates não o ler.
Quanto dinheiro irá ganhar “a banca” colocando o governo 200€, por cada Vanessa nascida?
Se os pais não colocarem mais nenhum cêntimo, porque estão desempregados e até lá a Vanessa cresce sem estudos, sem saúde, sem…não interessa, a pergunta que faço é, quanto dinheiro terá na conta socratiana, a jovem (agora) com 18 anos?
Mais uma medida hipócrita e eleitoralista, depois de Zapatero oferecer 2500 €, o governo de Sócrates, pobrezinho mas honrado, espeta na mão da criancinha 200 €.
Isto já não vai nem à bofetada!

Bjs,

GR

Sérgio Ribeiro disse...

Maria - Olá, Guardiã! Exctamente: uma manobra política... do cordel.
GR - Obrigado pela excelência que os socratinos não podem ler até porque não sabem. É muito útil a tua informação sobre os 2.500 € do Sapateiro, mas que não trouxa para a ficção do cordel porque, nem que fossem 100 mil €, isso não alterava o lado manobrístico e ideologicamente perverso ca "coisa"... "é pró menino e prá menina" como gritava um venddedor ambulante que conheci.

Abreijos, Amigas e Camaradas

cristal disse...

Como diz a minha prima... Balhamedeus!!!