faz de conta que o que é, é!... avança o peão de rei.

...
o mistério difícil
em que ninguém repara
das rosas cansadas do dia a dia.

José Gomes Ferreira

Brel, sempre e eu... j'arrive!

Loading...

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Brelianas (e de outros como ele) - 3

Mais duas brelianas:


  • Em Amsterdam... onde os marinheiros mijam como eu choro pelas mulheres de Amsterdam.

  • Neste País... que é o meu! (e não é o plat pays...)

E, para me sentir ainda mais "em casa",

duas sergiogodinhas:


  • Hoje é o primeiro dia do resto das nossas vida...

  • ... com um brilhozinho nos olhos...

3 comentários:

Justine disse...

Adequadíssimas, as paráfrases!
...com um brilho nos olhos:)))

GR disse...

Então está bem!

Com...um gd bj,

GR

Sérgio Ribeiro disse...

E esta? E esta de confia na memória? (mas esta série é só memória!)
Ouvi, aqui ao lado, Brel a cantar os marinheiros que, em Amsterdam, mijam como ele chora pelas mulheres infieis... Lá teria ela as suas razões... Por isso, às vezes tão amargo?