faz de conta que o que é, é!... avança o peão de rei.

...
o mistério difícil
em que ninguém repara
das rosas cansadas do dia a dia.

José Gomes Ferreira

Brel, sempre e eu... j'arrive!

Loading...

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Valham-nos os netos... de outros.

Num fim-de-semana prolongado, de 5ª a ontem 2ª..., estivémos de avós! Para evitar confusões (e eventuais melindres dos propriamente ditos) eles chamam-nos "tios". E fizeram destes dias uns dias cheios, felizes... e derreadores!

Obrigados, Abel e António (por tudo, em particular pela ajuda informática, de um, e a supervisão engenheira em tudo o que são portas, fichas, chaves e fechaduras, do outro).
___________________________________________________
Publicidade não paga: Aqui por casa está a pensar-se convocar uma assembleia geral para alterar os estatutos e juntar ao "turismo rural", como uma das finalidades da "firma", a de "centro de apoio a pais e avós" para seu (deles) repouso e nosso cansaço voluntário, agradecido e gratuito.

9 comentários:

cristal disse...

Pelo que me cabe na responsabilidade da alteração dos estatutos tenho que confirmar a qualidade insuperável do serviço e a ternura em que ficam netos e avós tão estragados de mimos que nem se suportam :) Mas doses destas só uma vez por ano e tendo em atenção que os cachopos vão crescendo e dispensando algumas das atenções.

Justine disse...

E as outras tarefas, em que eles foram ajuda valiosa? Apanhar orégãos, comer papa de maçã,limpar a cozinha com as fraldas, servir de despertador às 2h,e às 4h, e às 6h...:))))
Até pró ano, queridos "netosmeus"!

Anónimo disse...

E o Mounty? O que pensará dessa alteração estatutária?

Gostava de ouvir um diálogo entre ele e os que se julgam donos dele.
Há-de ser fresco!

Campaniça

Sérgio Ribeiro disse...

Cristal - pois é! Fazendo as contas: o António daqui a meses tem mais esses meses (se forem 12 é um ano) e... mais uns quilos valentes. Enquanto que a minha coluno estará (ainda mais) enfraquecida. Mas venham eles!
Justine - Inteiramente de acordo mas... lá estás tu com a primeira pessoa do singular... a gerência da estância é, como o resto, (com)partilhada.
Campaniça - Quando vi que eras tu, estava à espera de uma inscrição, mas estou mesmo a ver que não vais largar a nesta... nem para o Zambujal. Quanto ao Mounty, temos de o preparar para a nova situação, embora seja difícil porque só vem aqui a casa para comer a sua refeição e refugiar-se no refúgio. Tudo se comporá...

Anónimo disse...

A inscrição da neta vai ser feita pelos pais. O Mounty que se cuide, ainda vai levar umas "arranhadelas" da Sofia. Mas, vai correr tudo bem.

Campaniça

J.Aguiar disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
J.Aguiar disse...

Fico contente por ver que recuperaram o ânimo e as horas de sono em atraso.

Também gostei da alteração de estatutos, mas acho que devem impor regras claras sobre tempo máximo de permanência e período mínimos entre estadias, para evitar que algum pai babado possa abusar da hospitalidade...

Resta-me agradecer a hospitalidade e carinho, e o facto de o António ter acrescentado 'Xé' e 'ti Xéxa' ao seu vastíssimo vocabulário!

(não sei o que aconteceu com a primeira versão do comentário que sem querer, anulei... mas era mais ou menos isto que tinha escrito...)

GR disse...

Como são lindos.
É sempre bom ter em casa um informático e um Engenheiro, mas limparem a cozinha com a fralda, o problema que levanto não é das fraldas, refiro-me ao trabalho infantil.
Para o Mounty esse grande fim-de-semana, pareceram anos.
Mounty, já passou!

Um grande bj,

GR

Sérgio Ribeiro disse...

Os comentários, os testemunhos, as "defesas de causa" do Mounti são muito agradáveis e até enternecedores. Diria mesmo que são estimulantes para o novo "empreendedorismo" (ih!ih)

Beijos e abraços