faz de conta que o que é, é!... avança o peão de rei.

...
o mistério difícil
em que ninguém repara
das rosas cansadas do dia a dia.

José Gomes Ferreira

Brel, sempre e eu... j'arrive!

Loading...

domingo, 16 de agosto de 2009

Num imenso Zambujal...

No Por Ourém, ao regressar da festa do Zambujal, talvez um pouco traumatizado..., coloquei ontem um post com o vídeo do Chico, que supunha ser o do filme Fado, de Carlos Saura.
Afinal não é, e encaminharam-me para este Fado Tropical, chamando-me a atenção para o segundo 40!
Aqui, neste "blog" mais ou menos privado, o deixo com uma ligeira (?) comoção e agradecendo a quem encaminhou para ver este vídeo.

3 comentários:

GR disse...

Num segundo vi dezenas de anos de luta, de força e resistência.
Senti uma grande alegria e um enorme orgulho em todos que lutaram e nos deram a Liberdade.
Ao som do Chico senti, um grande orgulho em ti.
Obrigada camarada,

Um grande bj,

GR

Anónimo disse...

Todos os anos, no mês mais bonito da Primavera, quando está quase a chegar aquele dia em que a nossa felicidade ( a do povo míudo) começou, para durar até ao Outono do ano seguinte, vejo este vídeo.
E são as imagens da nossa malta a sair de Caxias, daquele lugar maldito que nos tirava o sono, que mais me emocionam. E um de nós grita primeiro "olha o Sérgio Ribeiro!" e logo o outro acrescenta "que novo que ele era!.

Quando fomos ver o "Fados" do Carlos Saura e, sentados no escuro do cinema, vimos estas imagens, o coração bateu mais forte e sentimos o filme nosso.

Campaniça

Maria disse...

Só agora me passeio por aqui. Não tinha visto este video aqui, percebe-se a tua comoção - e a nossa. São imagens com tanto significado para nós que é impossível não ficarmos comovidos.

... e depois o Chico...

:))