faz de conta que o que é, é!... avança o peão de rei.

...
o mistério difícil
em que ninguém repara
das rosas cansadas do dia a dia.

José Gomes Ferreira

Brel, sempre e eu... j'arrive!

Loading...

domingo, 28 de junho de 2015

Nobsession


Naturalmente (se não for acidentalmente…) os anos que ainda conto viver contam-se pelos dedos. Talvez os de uma só mão e os dedos dos pés não contam para estas contas.
Merda, dizia o poeta lúcido. Porra, digo eu que não sou poeta mas me quero lúcido.

E ainda tanto para aprender e... PARA  FAZER!

1 comentário:

Justine disse...

Porra, digo eu também!