faz de conta que o que é, é!... avança o peão de rei.

...
o mistério difícil
em que ninguém repara
das rosas cansadas do dia a dia.

José Gomes Ferreira

Brel, sempre e eu... j'arrive!

Loading...

quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

"Tenho apenas duas mãos e o sentimento do Mundo"
(numa barraquinha de artesanato na Feira hippy de Ipanema)

3 comentários:

Maria disse...

Que frase bonita...

:))

Bom 2010!
Beijos

Justine disse...

Não sei porquê, a frase fez-me lembrar esta do Pessoa:"doi-me a cabeça e o universo..."

Fel de cão disse...

A frase é o primeiro verso do poema,muito belo, de Carlos Drummonde de Andrade. O poema "Sentimento do Mundo" Pelo que vejo foram umas férias em grande...mas merecidas. Um grande abraço e bom ano.