faz de conta que o que é, é!... avança o peão de rei.

...
o mistério difícil
em que ninguém repara
das rosas cansadas do dia a dia.

José Gomes Ferreira

Brel, sempre e eu... j'arrive!

Loading...

terça-feira, 2 de setembro de 2014

Num desvio (?) de "uma volta ao mundo das ideias económicas" (Avelãs Nunes)

Não se esqueçam
(ou lembrem-se!...)
que todos temos o mesmo destino.
O que Keynes - por maus motivos e más causas - 
tão bem prognosticou:
a longo prazo todos (mas todos!) estaremos mortos.
Valeu a pena viver?
Sim!!! se tivermos sido conscientes, coerentes
... e felizes.

enCURRALado

2 comentários:

GR disse...

Tenho tentado ser consciente, coerente...feliz? é bem mais difícil, já tive momentos de felicidade, hoje em dia é tão difícil...

Bjs,
GR

Justine disse...

...e não tivermos vivido apenas para nós e para o presente, mas sim a pensar no futuro dos que nos seguirem - assim me ensinas, há mais de 3 décadas!