faz de conta que o que é, é!... avança o peão de rei.

...
o mistério difícil
em que ninguém repara
das rosas cansadas do dia a dia.

José Gomes Ferreira

Brel, sempre e eu... j'arrive!

Loading...

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Pronto! (é um desabafo, pronto!)

... estou triste, pronto. Estou triste!
Como quando vejo "borboletas esmagadas entre folhas de livros" ou "flores amarradas em jarras, a fenecer em cima de um aparador".... diria um poeta que não sou.
Como um campónio que não sabe explicar-se, ou que ainda não percebeu nada da vida como ela é (ou como os outros são, na vida que são).
E já é tarde! Até porque, como campónio que sou, sou teimoso como um burro... e acho que quando tenho coisas para dizer as digo... mesmo quando não as queria dizer mas sou levado - não por minha iniciativa! - a que as diga, esquecendo preconceitos e pisando questões e prioridades pessoais (e, por vezes, exclusivistas, cegas... digo eu... e não o deveria dizer!?).
Já não tem cura. Mas que fico triste, fico. Cá comigo. E bem bastava o que basta...
Pronto!

2 comentários:

Maria disse...

Pronto. Desabafaste. Espero que passe a tristeza.

Beijo.

Sérgio Ribeiro disse...

Obrigado, Maria. Desabafar, desabafei... mas vai durar um bocadinho a tristeza e não vou para Pasárgada!

Beijo