faz de conta que o que é, é!... avança o peão de rei.

...
o mistério difícil
em que ninguém repara
das rosas cansadas do dia a dia.

José Gomes Ferreira

Brel, sempre e eu... j'arrive!

Loading...

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Quadras de pé quebrado... ou de perónio partido.

isto não é ficção...
Quadras de pé quebrado
… ou de perónio partido


Nem todos os calcanhares são iguais.
Há o daquele Aquiles, há o desta Aquela
… e há, claro, mais, muitos mais…
uns sem mazela, outros como o d’ela.

Aquele d’ Aquiles pouco me importa,
por algum lado lhe tinham de pegar…
O d’Aquela entrou-me pela porta,
com dor tamanha, daquelas de gritar.

Foi o perónio, disse o doutor.
Foi mas foi o raio que o parta,
pensou ela, irritada com a dor,
“estou mas é muitissimo farta”!

Com farturas ou sem farturas,
apenas tudo só começava.
Tala, canadianas, ligaduras.
Bem pior do que se esperava

Vai ser uma grande chatice.
Temos pois de estar à altura,
evitar toda a resmunguice,
fazer cara alegre à vida dura

Vai dar muito trabalho, ah! isso vai…
Complicado será o mês, dia a dia.
Olha! Pior seria, para quem cai,
se a queda desse em cirurgia.

Agora, há q' aguentar a carga diária.
Ter muita – mas muita – paciência
(que dizem ser revolucionária…),
fazer dela verdadeira ciência.


24 de Janeiro de 2010

3 comentários:

Justine disse...

Acho que depois deste mês serei uma verdadeira revolucionária:)))))

(quanto às quadras, dignas da melhor ficção de cordel - haja quem as musique e cante...)

Maria disse...

Não pude deixar de sorrir.
Apesar de tudo, haja (alguma) boa disposição. E venham mais quadras!

As melhoras da dona do perónio.

Beijos aos dois

cristal disse...

A boa disposição é "cola" indispensável para esse osso. Não podias estar melhor acompanhada... Vais sair dessa com muito mais experiência e, acredita, as canadianas são umas amigas para estas ocasiões. Depois deixam-se em qualquer canto e elas não se importam mesmo nada. Melhoras... são lentas mas progridem. Bjs