faz de conta que o que é, é!... avança o peão de rei.

...
o mistério difícil
em que ninguém repara
das rosas cansadas do dia a dia.

José Gomes Ferreira

Brel, sempre e eu... j'arrive!

Loading...

sábado, 6 de agosto de 2016

Tenho a idade do meu gato!

Tenho a idade do meu gato,
provisoriamente.
Ele breve me passará,
se é que não o fez já…
E estamos os dois trôpegos,
pedindo atenção e carinhos.
Ele,
já não defende, felinamente, o seu espaço,
deixa os pássaros invadirem o pátio.
os ratos viverem em paz,
já não sobe às árvores onde afia as unhas…
Eu,
escrevo,
escrevo, trémulo e errando teclas, queixas e lamentos
leio,
leio. pisco e lacrimoso, letras míúdas e baralhando-se,
mastigo papas e sopas passadas
digo-me lúcido
e continuo em luta,
na luta de sempre,
até quando,

ísto é, sempre!  

2 comentários:

Justine disse...

Ambos muito bem conservados; ambos lúcidos; ambos a merecerem todo o meu carinho e a minha atenção!

GR disse...

Acredito que os ratos passem rapidamente pelo gato, os pássaros voem mais alto e o gato, cansado que está de os ver, já mais nada quer senão deitar-se ao sol.
Já tu...é ainda necessário que ninguém te aborreça, que a política não te contrarie mais do que é normal, pois estás sempre pronto e de arma (caneta ou teclas) afiada, para contestares, resistentemente protestares e com que argumentos, sempre lúcidos e esclarecedores.

Gd BJ

GR