faz de conta que o que é, é!... avança o peão de rei.

...
o mistério difícil
em que ninguém repara
das rosas cansadas do dia a dia.

José Gomes Ferreira

Brel, sempre e eu... j'arrive!

Loading...

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Há trabalho! Ao trabalho! Bom trabalho!

Cheguei-me ao balcão para pagar a conta.
Olhei-me no espelho lá atrás, no meio de garrafas.
Vi-me velho e triste,
(quase) esmagado pelas notícias que me foram companhia ao almoço.
Vou pagar (... logo que alguém apareça...)
e vou dormir uma sesta.

Acordarei mais capaz para a luta. Que continua! Contínua

Sem comentários: